#RibatejoMelhor

IMG_1057

Hoje no Instituto Politécnico de Santarém a acompanhar os Deputados do Partido Socialista.

Proximidade e colaboração empenhada, uma partilha que ajuda a resolver os constrangimentos provocados pela falta de alojamento de estudantes em Rio Maior, essencial para o desenvolvimento do Politécnico, da Escola e da Região.

IMG_1047

Anúncios

Carta Gastronómica da Lezíria do Tejo (LXXV)

Misturada de papoilas e feijão 

(receita de Leopoldina Arsénio, 82 anos – Ribeira de São João, Rio Maior)

Ingredientes: Papoilas, feijão, água, azeite e sal.  

Modo de fazer: O feijão fica de molho de um dia para o outro. A seguir o feijão vai a cozer numa panela com água, um fio de azeite e sal. Migam-se as papoilas miudinhas. Assim que o feijão fique em puré misturam-se as papoilas e rega-se com um bocadinho de azeite. 

Nota: Também se pode fazer utilizando saramagos. 

#gostodeportasvelhas #GastronomiadaLeziriadoTejo #visitribatejo 

img_0310

Glossário

Saramago: planta comestível.

Carta Gastronómica da Lezíria do Tejo (XV)

Bifes de lebre

(receita de Maria Nazaré Coelho Delgado Fernandes Sousa Varela, 87 anos – São João da Ribeira, Rio Maior)

Ingredientes: Quartos traseiros de lebre partidos em bife, banha de porco, cominhos, cravinas, manteiga pimenta, sal e vinho branco. 

Modo de fazer: Temperam-se os bifes com a banha de porco, o sal, os cominhos, o cravinho, a pimenta, o sal e umas gotas de vinho branco. Deixam-se ficar algum tempo para ganharem gosto. Fritam-se numa frigideira com os temperos acautelando a consistência do molho para não queimar.

#gostodeportasvelhas #GastronomiadaLeziriadoTejo #visitribatejo

IMG_8765

Glossário 

Cominho: planta aromática nascida no Turquestão, actualmente cultiva-se em todo o mundo. A Bíblia menciona o seu emprego na sopa e no pão. Os romanos utilizavam-na como aromizante de molhos, na conservação da carne e quando grelhavam peixe. Este condimento de sabor acre, picante e quente teve largo uso durante a Idade-Média. 

Carta Gastronómica da Lezíria do Tejo (II)

Coelho guisado com ervilhas
(receita de Maria Elisa Pereira Lopes, 80 anos – Rio Maior)
Ingredientes: Coelho, ervilhas, água, alho, azeite, cebola, pimento, piri-piri, salsa, sal e vinhos.
Modo de fazer: Numa panela com água e sal cozem-se as ervilhas. Num tacho põe-se o coelho amanhado e cortado aos bocados com todos os temperos e vai ao lume a guisar. Ao ficar quase guisado acrescentam-se as ervilhas e deixa-se apurar.
IMG_8359
#gostodeportasvelhas #GastronomiadaLeziradoTejo #visitribatejo