Legislativas 2019 – Ribatejo

Há hoje no Ribatejo um partido que representa estabilidade, credibilidade e confiança. 21 Concelhias, 13 Presidentes de Câmara, 14 Presidentes de Assembleia Municipal, 73 Presidentes de Junta e 76 Presidentes de Assembleia de Freguesias, milhares de militantes, autarcas e simpatizantes, confiantes e empenhados em dar o melhor pela região e pelas suas gentes.

A direita entretida entre imposições e birras é hoje um empecilho para a região, convivem mal com o sucesso dos investimentos, com a diminuição do desemprego e o aumento do emprego, esperançados na vinda do “diabo” esqueceram-se do essencial: o país está melhor, a região está melhor e os portugueses estão muito melhores do que estavam em 2015.

Até 6 de Outubro prestaremos contas e assumiremos convosco os compromissos possíveis e compatíveis com a realidade. Até 6 de Outubro reforçaremos a confiança e a esperança num #RibatejoMelhor.

#Legislativas2019 #PortugalMelhor #UmPaísParaTodos #VotaPS

Anúncios

Think Tank “A Agenda da Terra” MS-ID

Think Tank “A Agenda da Terra” MS-ID

Os recursos naturais disponíveis por ano, como a água ou matérias-primas, ter-se-iam esgotado a 10 de maio, se toda a gente consumisse como a Europa. E apesar deste “overshoot day” ser mais cedo cada ano que passa, parece não haver tempo para melhores escolhas.

Temos, por isso, que cuidar de nós, para cuidarmos da Terra; substituir a cultura do descarte da economia linear pela do encontro e do cuidado numa economia circular, de partilha.

Pensar e agir em sustentabilidade é a nossa melhor opção se queremos melhor qualidade de vida. Mobilizemo-nos pois não apenas para fomentarmos a educação para a sustentabilidade das crianças, mas principalmente para intervir já, individualmente e em parceria.

As MS unem-se a este desígnio coletivo, pela proteção do ambiente e redução de desigualdades, com tempo para a conciliação, com a “Agenda da Terra”.

Participe no Think Tank “A Agenda da Terra” e contribua para a ação rumo à sustentabilidade.

A sua opinião conta!

Junte-se a nós no dia, 15 de julho, pelas 17h30, Jardins da sede do PS, do Largo do Rato.

#AgendaTerra #MSID

 

unnamed

Mulheres Socialistas (Departamento Federativo de Santarém)

fotografia 1 novo direção das mulheres socialistas Novembro_14

MULHERES SOCIALISTAS DO DISTRITO DE SANTARÉM TÊM NOVA DIREÇÃO

As Mulheres Socialistas do Distrito de Santarém elegeram na passada sexta-feira o novo secretariado Distrital e a Mesa da Comissão Política.

Do Secretariado Distrital, liderado por Maria da Luz Lopes, fazem parte Celeste Simão (Abrantes), Cristina Casimiro (Almeirim), Eva Reis (Ourém), Fernanda Maurício (Entroncamento), Mara Lagriminha (Coruche), Sara Costa (Tomar) e Vera Simões (Rio Maior).

Carla Batista (Alcanena) é a nova Presidente da Mesa da Comissão Política, que tem Anabela Estanqueiro (Tomar) como 1ª Secretária e Lúcia Abelha (Entroncamento) como 2ª Secretária.

Maria da Luz Lopes afirma que pretende “dar continuidade ao projeto de dinamização do Departamento Federativo das Mulheres Socialistas, na sequência do mandato anterior”. Depois de ter implementado um programa de formação política (que terá continuidade neste mandato), Maria da Luz criou um conjunto de grupos de trabalho que, segundo explicou, “têm como missão recolher informação e monitorizar um conjunto de áreas da sociedade nas quais faz todo o sentido reforçar e complementar a intervenção política socialista”. “O Departamento”, acrescentou a líder das Mulheres Socialistas, “é mais uma plataforma através da qual as mulheres socialistas podem e devem intervir politicamente e é também uma plataforma que tem a capacidade de se associar a causas e de as defender de forma mais assertiva, avançando para o terreno com ações muito práticas”. Segundo Maria da Luz “temos mulheres muito dedicadas e muito conhecedoras, são uma mais-valia para a região e temos de aproveitar o seu conhecimento e a sua disponibilidade para trabalhar porque todos juntos somos ainda muito poucos para a dimensão da tarefa que temos pela frente”.

Os grupos de trabalho, e respetivas coordenadoras, são os seguintes:

Justiça e Combate à Violência de Género: Anabela Estanqueiro

Saúde: Ana Margarida Rosa do Céu

Educação: Fernanda Alves

Pobreza e Exclusão Social: Júlia Augusto

Cidadania: La Salette Marques

Comunicação: La Salette Marques e Lígia Cruz

Desenvolvimento Regional: Marina Honório e Emília Moreira

Juventude: Sara Costa

Depois da Eleição da nova direção, foi prestada informação sobre a recente visita de estudo do Departamento das Mulheres Socialistas a Bruxelas, a convite da Eurodeputada Ana Gomes. A delegação nacional incluiu duas dirigentes do Distrito de Santarém (Maria da Luz Lopes e Carla Batista).