Espanha

Uma grande vitória do PSOE no contexto e tempos que se vivem em Espanha e na Europa. Os últimos tempos tem revelado a resistência dos partidos socialistas e sociais democratas o que me enche de esperança na continuidade da Europa como o grande projecto de paz, liberdade e igualdade no mundo. Obviamente a derrota brutal do PP com a transferência de votos para o Ciudadanos e Vox abre a porta ao crescimento do liberalismo e nacionalismo que tem um potencial de contagio europeu assustador.

Já se percebeu que não se pode “brincar” mais com os europeus como um todo considerados e percebendo temos a obrigação de não o fazer.

A caminho de umas eleições europeias historicamente pouco participadas o exemplo negativo do Brexit e agora positivo das eleições espanholas devem servir de mote: participar faz toda a diferença.

 

AI CIMLT

Hoje podia ter estado a ver o Glorioso? Podia. Hoje podia ter estado no jantar de aniversário do PS? Podia. Poder podia, mas houve Assembleia Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal da Leziria do Tejo e só se representa representando, é assim que se cumpre Abril, a democracia e a liberdade!

Contas aprovadas, orçamento revisto e descentralização de competências para 2020 aprovadas, umas aceites e outras ficam para 2021. Ficam para a confirmação de assinatura de contrato as novidades sobre o PART (Programa de Apoio à Redução Tarifária), mas as expectativas são boas.

IMG_3244

E a política, pá?…e a política, pá?

E a política, pá?…e a política, pá?

Quando o Pedro Magalhães Ribeiro nos inquietou com a pergunta numa das últimas reuniões da comissão política da federação estava a referir-se ao presente mas, como quase sempre, a prever o futuro! E a política, pá?

Nos últimos dias a direita rejubila, dá gargalhadas, retwita, partilha, gosta e curte… tecla e tecla sobre a forma a forma e só a forma, certamente com o desejo secreto que a forma faça esquecer a substância. Não, estão enganados! No final do dia é sempre a política, as políticas, é sempre o conteúdo que faz pular e saltar o mundo, que o faz avançar.

Entretidos sobre uma má, dizem eles, tradução de “salário mínimo para todos os europeus” e “salário mínimo europeu” devem ter a esperança que as pessoas se esqueçam que para o salário mínimo eles tinham uma proposta: baixar! (aquela lógica de empobrecimento expancionista que teve os resultados conhecidos)

Há um principio de dignidade humana e valorização do trabalho quando se defende um salário mínimo para todos e europeu. São as pessoas no centro das propostas e o projecto da União como referência! A tradução pode não ser a correcta, mas a política é! E a direita o que quer para além de o baixar?

Entretidos numa foto de um cumprimento de Pedro Marques a uma mulher, já com idade para não ser considerada jovem, perdem-se em considerações sobre a senhora, sobre a cor do cabelo sobre isto e aquilo, tentando assim relativizar a mensagem sobre a participação dos jovens e os efeitos que ele teve no Brexit. Tudo é imagem, tudo é supérfluo para esta gente! Ácidos, arrogantes e com uma superioridade de quem nunca se engana e raramente têm dúvidas (onde é que eu já li isto?), julgam atingir o Pedro Marques e o Partido Socialista e que isso lhes dará mais votos e mais legitimidade democrática. Estão redondamente enganados, com esta táctica apenas atingem a essência da democracia: a participação das pessoas! Acham porventura que algum jovem, ou menos jovem, considera participar, dizer ou escrever alguma ideia ou opinião se a reação é, sempre, esta?

Dois exemplos…de que é mesma a política! Dignidade humana, valorização do trabalho e, participação para decidir e ser parte (a tal da inclusão, o sonho europeu lembram-se dele?)

Temos os que são eficaz nos cliques e nas fotos, perfeitos na forma vazios no conteúdo e, temos os que aparentemente são desajeitados na forma mas convictos nos ideiais e no projecto!

Ainda faltam uns dias para as eleições europeias, mas podem deste já escolher…isto não vai mudar. Aqui como se sabe o que se quer, discute-se políticas! E já que estamos em Abril…nunca imaginei Salgueiro Maia preocupado com a foto quando estava em frente às chaimites! Deveremos nós agora preocuparmo-nos?

Continuar a ler