Aldeias de A a Z – (III)

Aldeias de A a Z – (III)

O Presidente Sérgio Oliveira leva-nos àquele pedaço do nosso território aninhado entre o Tejo e o Zêzere. Fica o convite para visitar os cantos e recantos da Vila Poema.

Para ouvir: aqui

#VisitRibatejo #ConstânciaVilaPoema #CantSkipPortugal

Município de Constância

Constância – Vila Poema

Anúncios

Carta Gastronómica da Lezíria do Tejo (XXXIV)

Favas de azeite e vinagre
(receita de Ana Pires Jacinto, 86 anos – Samora Correia, Benavente)

Ingredientes: Favas, água, azeite, sal e vinagre.

Modo de fazer: Cozem-se as favas em água temperada de sal. Uma vez cozidas,
escorrem-se e temperam-se com azeite e vinagre a gosto.

#gostodeportasvelhas #GastronomiadaLeziriadoTejo #visitribatejo

IMG_9298

Glossário

Ferrado: recipiente para a ordenha.

Aldeias de A a Z – (I)

(descobri hoje o “Aldeias de A a Z” da RDP Internacional”, mais contributos para conhecermos o Ribatejo e uma ou outra aldeia neste maravilhoso país)

Aldeias de A a Z – (I)

Conhecem Coruche? Carreguem no Play, fechem os olhos e deixem-se levar…é um autêntico livro ilustrado! Parabéns, e obrigado, à Vereadora Célia Ramalho, isto é o Ribatejo!

Para ouvir: aqui

#VisitRibatejo #CorucheInspira #CantSkipPortugal

Município de Coruche

Festival Internacional de Balonismo em Coruche – 2018

Carta Gastronómica da Lezíria do Tejo (XV)

Bifes de lebre

(receita de Maria Nazaré Coelho Delgado Fernandes Sousa Varela, 87 anos – São João da Ribeira, Rio Maior)

Ingredientes: Quartos traseiros de lebre partidos em bife, banha de porco, cominhos, cravinas, manteiga pimenta, sal e vinho branco. 

Modo de fazer: Temperam-se os bifes com a banha de porco, o sal, os cominhos, o cravinho, a pimenta, o sal e umas gotas de vinho branco. Deixam-se ficar algum tempo para ganharem gosto. Fritam-se numa frigideira com os temperos acautelando a consistência do molho para não queimar.

#gostodeportasvelhas #GastronomiadaLeziriadoTejo #visitribatejo

IMG_8765

Glossário 

Cominho: planta aromática nascida no Turquestão, actualmente cultiva-se em todo o mundo. A Bíblia menciona o seu emprego na sopa e no pão. Os romanos utilizavam-na como aromizante de molhos, na conservação da carne e quando grelhavam peixe. Este condimento de sabor acre, picante e quente teve largo uso durante a Idade-Média. 

Carta Gastronómica da Lezíria do Tejo (XIV)

Azeitonas retalhadas

(receita de Perpétua Elisa Bernardino Duarte, 90 anos – Moçarria, Santarém)

Ingredientes: Azeitonas, água, alhos, cascas e rodelas de laranjas, louro, pimenteiras, orgãos e sal. 

Modo de fazer: Para uma talha de água vazam-se as azeitonas previamente retalhadas. São temperadas com alhos cortados, cascas e rodelas de laranjas, orgãos, pimenteiras e sal.

#gostodeportasvelhas #GastronomiadaLeziriadoTejo #visitribatejo

46482406_1957107971039407_375302162244173824_n

Glossário 

Samiro: enguia grande