e assim vai o mundo…estranho!

cada vez mais estranho!

…eles lá vão conseguindo fechar as estradas, uma a uma lá conseguirão fecha-las todas! 
Ouvi há pouco que este tipo de ataques resulta do sucesso da prevenção…porque os terroristas não conseguem entrar nos perímetros de segurança. 

Não há sucesso algum…não é possível falar em sucesso quando um check in num qualquer aeroporto demora três ou quatros horas, não há sucesso se ao entrarmos num concerto somos todos tratados como suspeitos. Não há sucesso quando são cada vez mais as estradas fechadas e as pontes entre as pessoas derrubadas.

À “lei da bomba” já se percebeu que não há solução, sejam elas acionadas em coletes ou em mísseis…só um mundo mais justo, mais equitativo, mais tolerante e integrador pode ser solução! Como é que isto se consegue? Não sei…mas acredito no impacto global das acções locais!

Pontes & Muros (15 de Maio)

Que dias estes…que semanas estas, que ano este!

Campeonato Europeu de Futebol, António Guterres Secretário Geral da Organização das Nações Unidas, Web Summit em Lisboa, Porto o melhor destino europeu de 2017, um Presidente da República cheio de afectos para dar, um Primeiro Ministro optimista compulsivo, Lisboa como uma das cidades mais cool do mundo, Portugal como um dos destinos mais seguros do planeta, dois novos santos (Jacinta e Francisco), um tetra campeão pela primeira vez na sua, dele, história, o deficit mais baixo da democracia, a economia a crescer, o desemprego a baixar e numa relação nem sempre obvia, o emprego a aumentar e… para terminar este breve resumo do ultimo ano…o Salvador Sobral canta, e encanta, em português e, imagine-se…com simplicidade e genuinidade… ganha!

Enchemos o Santuário de fé, tranquilidade, querer e crer!

Enchemos o Marquês de Pombal (mais umas dezenas de rotundas por esse mundo) de alegria espontânea de quem alcança um feito único para os vencedores do Campeonato, Tetra Campeonato.

Enchemos o Aeroporto Humberto Delgado de gente que faz da sua língua a nossa pátria.

Enchemos os nossos corações de orgulho, esperança e confiança!

Uma nação valente só o é porque somos gente valente, verdadeiros proprietários do três efes, que não são do antigo regime, muito menos representam um qualquer homem, eles são do povo, são nossos final.

Talvez o verdadeiro terceiro segredo de Fátima seja mesmo o do povo valente, que querendo é o mais maravilhoso de todos os povos do mundo, hoje como sempre, conquistadores…damos mundo ao mundo!

Mais palavras apenas serviriam para criar ruído na construção da melhor ponte que podemos construir: pessoas a acreditar em pessoas!

Nuno Mário Antão

NMA | ALPIARÇA