Carta Gastronómica da Lezíria do Tejo (VI)

Saramagos à laia de açorda

(receita de Maria Adelaide Sousa Matos, 83 anos – Ulme, Chamusca)

Ingredientes: Saramagos, pão de milho, água, azeite e sal.

Modo de fazer: Lavam-se os saramogos migam-se como se migam as couves, cozem-se em água e sal. Depois de cozidos escorrem-se vão para uma saladeira. Adiciona-se-lhe o pão de milho já migado, mistura-se uma pinga de azeite e come-se com azeitonas. 

#gostodeportasvelhas #GastronomiadaLeziriadoTejo #visitribatejo

IMG_0327

Glossário 

Molhona: tomatada

Recordar é viver…

Porque a tendência é darmos sempre tudo como adquirido, de sempre para sempre. Não, houve um tempo em que não era assim…

Portugal até 1975
Brasil até 1985
Timor até 1999

…em 91 houve dois momentos que motivaram o inicio da minha participação cívica, a segunda maioria de Cavaco Silva e o Massacre de Santa Cruz, passaram 27 anos…se fosse hoje? Iniciava novamente!

Video da RTP Arquivos: 1991 – Massacre de Santa Cruz

 

Resumo Analítico

Massacre de Santa Cruz (1991); vistas de Timor-Leste (1975); invasão de Timor; jornalista Adelino Gomes, em Timor (1975); Rui Araújo, jornalista em Timor (1983); manifestações Pró-Timor nos Estados Unidos da América; imagens intercaladas com declarações do jornalista Max Stahl, que filmou e divulgou as imagens do massacre, a contar como ocorreu o massacre em que as tropas indonésias abriram fogo sobre centenas de timorenses no cemitério de Santa Cruz; Arnold Kohen, ativista Pró-Timor, a afirmar que o filme de Max Stahl, do massacre de Santa Cruz, teve grande importância e um papel fundamental na divulgação internacional da situação de Timor; que os Estados Unidos da América apoiaram, com armas e apoio diplomático, a invasão inicial de Timor-Leste por parte da Indonésia e do impacto em Portugal das reportagens dos jornalistas Adelino Gomes e Rui Araújo (legendado).

Carta Gastronómica da Lezíria do Tejo (V)

Molho de tomate com petingas ou bacalhau

(receita de Matilde Lopes Fernandes, 86 anos – Alcanhões, Santarém)

Ingredientes: Tomates maduros, azeite, cebola, água, alho, rodelas de batata, petingas ou bacalhau.

Modo de fazer: Num tacho põe-se azeite, uma cebola picada, um dente de alho esborrachado, o tomate pelado e limpo de pevides, um pouco de água e sal. Vai ao lume a cozer e o tomate vai-se esmagando com um jeribalde (colher de madeira), acrescenta-se um bocadinho de água e as batatas cortadas às rodelas. Assim que as batatas estiverem quase cozidas juntam-se as petingas ou o bacalhau. Deixa-se cozer e serve-se. 

#gostodeportasvelhas #GastronomiadaLeziriadoTejo #visitribatejo

IMG_1384

Carta Gastronómica da Lezíria do Tejo (IV)

Sonhos de abódora-menina

(receita de Maria Gracinda da Silva Teles David Maia, 79 anos – Couço, Coruche)

Ingredientes: 1150g de abóbora-menina, 4 ovos, 1/2 kg de farinha sem fermento, sumo de 2 laranjas, 1 cálice de vinho do Porto, 1 cálice de aguardente, 20g de fermento inglês, azeite para fritar, açúcar e canela para polvilhar.

Modo de fazer: Mistura-se a abóbora, os ovos, a farinha, o sumo das laranjas, o vinho do Porto, a aguardente e o fermento inglês. Deixa-se ficar mais ou menos duas horas. Com duas colheres retiram-se bocados de massa e fritam-se em azeite. Polvilham-se com açúcar e canela. 

#gostodeportasvelhas #GastronomiadaLeziriadoTejo #visitribatejo

IMG_9590